Afundou-se o navio com 2 mil carros e toneladas de petróleo

O navio transportava 365 contentores, dos quais 45 eram classificados como contendo materiais perigosos, além de 2.210 carros no porão carregados de combustível.

Já todos o temiam e o pior acabou mesmo por acontecer. O navio cargueiro italiano que se encontrava em chamas ao largo da costa da Bretanha, em França, acabou mesmo por se afundar. Lá dentro seguiu uma verdadeira bomba ecológica, com mais de 2 mil carros e centenas de contentores carregados de materiais tóxicos, entre os quais petróleo.

O navio “Grande América” encontrava-se numa situação crítica a cerca de 180 milhas da costa francesa. Tudo depois de um forte incêndio ter deflagrado a bordo. Agora, segundo a imprensa italiana, encontra-se afundado a mais de 4500 metros de profundidade.

O navio transportava 365 contentores, dos quais 45 eram classificados como contendo materiais perigosos, além de 2.210 carros no porão carregados de combustível. Recentemente já tinha sido avistada uma mancha de petróleo com o diâmetro de cerca de 10 quilómetros. Uma verdadeira ameaça para os ecossistemas locais.

O processo de recuperação do navio será bastante difícil dada a profundidade da zona, o que alerta ainda mais as organizações ambientais. Embora muita a comunicação social italiana esteja a dar pouca atenção ao caso, já todos perceberam do atentado ambiental que pode estar em curso junto à costa da Bretanha.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to top