PIPE MASTERS SUSPENSO APÓS TESTES POSITIVOS À COVID-19

Não começou da melhor forma o circuito mundial de 2021. Após a jornada inaugural do Pipe Masters, que aconteceu na passada quarta-feira, a prova havaiana foi agora suspensa, depois de vários membros do staff da WSL terem testado positivo à Covid-19. Entre os infetados está o próprio CEO, Erik Logan.

A WSL anunciou, assim, durante a madrugada que a prova ficava suspensa, uma vez que foi acionado o protocolo de segurança para proteger a saúde de todos os envolvidos, incluindo staff e atletas.

Resta perceber o que seguirá à suspensão do Pipe Masters, se o cancelamento ou o regresso mais tarde da ação. A WSL garante que está a trabalhar as autoridades de saúde havaianas para perceber qual o próximo passo a dar em segurança.

Todas as pessoas que testaram positivas foram colocadas em isolamento até testarem negativo, estando já a estabelecer todos os contactos que estas pessoas tiveram nos últimos dias. Ainda assim, a WSL garantiu acreditar que nenhum atleta tenha sido exposto a este surto.

Este não é o primeiro incidente a afetar o arranque do WCT 2021. Já a etapa inaugural do circuito feminino, o Maui Pro, tinha sido colocada em stand by no início da semana, depois de um surfista ter sido mordido por um tubarão em Honolua Bay e ter perdido a vida na sequência do incidente.

Scroll to top